Denilso de Lima

Com você rumo ao sucesso!

By

Como Manter o Foco: Treine o Cérebro

[Esse texto é uma tradução do artigo How to Stay Focused: Train Your Brain, de autoria de Nadia Goodman e publicado originalmente no Entrepreneur.]

CérebroComo empreendedor, você tem muitas coisas a fazer. Manter o foco pode ser difícil com o constante fluxo de empregados, clientes, emails e ligações telefônicas exigindo a sua atenção. Em meio ao barulho, compreender as limitações do seu cérebro e lidar com elas pode melhorar o seu foco e aumentar sua produtividade.

Nossos cérebros são muito bem sintonizados com a distração, assim o ambiente digital de hoje faz com que manter o foco seja algo bem difícil. “As distrações evidenciam que algo mudou”, afirma David Rock, co-fundador da NeuroLeadership Institute e autor de Your Brain at Work (HarperCollins, 2009). “Uma distração é um alerta que diz ‘Mantenha sua atenção nisso aqui agora; isso pode ser um perigo.’” A reação do cérebro é automática e praticamente impossível de ser freada.

Enquanto a multi-tarefa é uma habilidade importante, ela também tem um lado negativo. “Ela reduz nossa inteligência, literalmente diminui nosso QI”, diz Rock. “Nós cometemos erros, deixamos passar coisas sútis, perder o controle quando não deveríamos ou digitar palavras de modo errado”.

Para complicar ainda mais, a distração nos faz sentir ótimos. “O circuito de recompensa do seu cérebro se acende quando você está lidando com várias tarefas”, acrescenta Rock. Isso significa que você recebe uma alta descarga emocional quando está fazendo várias coisas ao mesmo tempo.

Por fim, o objetivo não é o foco constante, mas um curto período de tempo sem distrações diariamente. “Vinte minutos por dia de profunda concentração pode ser algo transformador”, diz ele.

Experimente pôr em prática estas três dicas para ajudar você a se tornar mais focado e produtivo:

1. Faça primeiro o trabalho mais criativo

Geralmente, costumamos fazer o trabalho sem sentido primeiro e então vamos progressivamente passando para as tarefas mais complicadas. Isso drena nossa energia e reduz nosso foco. “Uma hora lidando com seu trabalho, você tem uma capacidade muito mais reduzida do que no início”, alerta Rock. “Todas as decisões que tomamos cansa o cérebro”.

Para manter o foco de modo eficiente, inverta essa ordem. Pela manhã, lide primeiro com as tarefas que requerem criatividade ou concentração e só então passe para o trabalho mais fácil como deletar emails ou agendar reuniões.

2. Use seu tempo inteligentemente.

Ao analisar milhares de pessoas, Rock descobriu que nós conseguimos manter o foco cerca de seis horas por semana. “Você deve ser bem aplicado em relação ao que faz nessas horas”, ele diz.

A maioria das pessoas conseguem se concentrar melhor pela manhã ou à noite. O estudo de Rock mostra que 90% das pessoas consegue pensar melhor fora do local de trabalho. Portanto, observe onde e quando você se concentra melhor, então use seu tempo inteligentemente durante esses momentos.

3. Exercite seu cérebro como um músculo.

Quando lidar com várias tarefas é a regra, o seu cérebro se adaptar rapidamente. você perde a habilidade de manter o foco conforme as distrações se tornam um hábito. “Nós exercitamos nosso cérebro para perder o foco”, diz Rock.
Pratique a concentração desligando-se de todas as distrações e mantendo firmemente sua atenção em apenas uma tarefa. Comece com pouco, talvez cinco minutinhos por dia, e então vá acrescentando maiores quantidades de tempo. Caso você se pegue distraído, volte o foco para a tarefa sendo feita. “É o mesmo que manter-se em forma”, diz Rock. “Você tem de fazer com que o músculo mantenha o foco”.

Treinar o Cérebro para Se Manter Focado_

By

5 Maneiras Eficazes Para Dobrar Sua Produtividade

ProductivityNos dias agitados e cheio de afazeres nos quais vivemos, estamos sempre procurando aprender algumas maneiras para melhorar nossa produtividade. Afinal, como podemos melhorar o modo como gerenciamos o tempo que temos? Será que tem alguma dica para dobrarmos nossa produtividade e assim terminar o dia com a sensação de dever cumprido?

Abaixo compartilho com você 5 maneiras eficazes para você dobrar a sua produtividade no dia. Lembre-se que para elas darem certo é necessário que você tome uma atitude firme para fazê-las acontecer. De nada adianta você procurar maneiras para se tornar mais produtivo, encontrá-las e depois abandoná-las. Tornar-se mais produtivo é uma atividade constante, um hábito que deve ser adquirido e desenvolvido, portanto faça a sua parte.

1. Verbalize suas intenções

Pela manhã, fale para você mesmo – em voz alta – quais são suas intenções para o dia. Ao fazer isso, você certamente identificará quais são as tarefas mais importantes do dia. Para facilitar: as mais importante são aquelas que surgirem primeiro em sua mente e que você falará primeiro para você mesmo. Pode ser responder um email importante, um projeto que deve ser iniciado, uma reunião que deve acontecer, um relatório a ser apresentado… Enfim, pode ser qualquer coisa. Procure verbalizar suas intenções para o dia por pelo menos cinco minutos. Ao ouvir quais são suas intenções, você estará dando ao seu cérebro a oportunidade para organizar as informações de maneira a realizar tais atividades importantes.

2. Faça o mais importante primeiro

Essa dica é clássica! Você sabe que para ser mais produtivo, você deve primeiro focar toda sua energia e atenção para o que é mais importante. Muita gente ao chegar ao trabalho verifica os emails, dá uma olhada nas redes sociais, lê uma nota em um jornal ou revista, toma um cafezinho, verifica o que ficou pendente do dia anterior e coisas assim. Ou seja, elas perdem a energia e a motivação fazendo coisas que não são importantes. Elas devem criar o hábito de ao chegar no trabalho, dedicar todo o esforço e atenção ao que é mais importante. Só depois de lidar com o(s) iten(s) de maior importância é que elas deve cuidar dos itens menos importantes.

3. Tenha uma estratégia bem definida para os emails

Ah! Os emails! Um dos maiores ladrões de tempo da grande maioria dos trabalhadores. Você sabia que os emails são responsáveis por 35% da perda de tempo dos trabalhadores em grandes empresas? São vários emails recebido por dia! Dar atenção a todos eles é uma loucura. Eu já passei por isso! Até que um dia criei uma estratégia para lidar com eles e assim manter minha caixa de email organizada. Uma das estratégias que uso até hoje é a do “ver uma vez só“; ou seja, quando eu abro um email, leio o seu conteúdo e na mesma hora o respondo. Evito ter de visualizá-lo duas vezes. Além disso, eu também uso o sistema de filtros para separar os emails mais importantes do menos importantes. Assim, quando recebo um email de minha editora ou de um parceiro comercial chave, eu sou notificado imediatamente. Ao vê-lo já o respondo. Os demais emails eu os abro em dois horários diferentes do dia: a primeira vez por volta das onze da manhã e a segunda às três da tarde. Claro que se algum email importante chegar, eu lido com ele imediatamente. Mas, tento manter minha caixa de emails organizada e dou atenção a todos. ter uma estratégia para lidar com os email diminui a ansiedade e o desespero de ver sua caixa de emails abarrotada de mensagens e não saber quando terá tempo para tudo aquilo.

4. Use seu smartphone inteligentemente

Os smartphones são excelentes maneiras de nos mantermos produtivos ao longo do dia. Tem emails que podem ser respondidos pelo celular mesmo. Isso pode ser feito em qualquer lugar que você estiver, desde que seja permitido e conveniente usar o celular. Você pode discutir os detalhes de algum projeto via aplicativos de comunicação rápida: Whatsapp, Telegram, Skype. Usar essas ferramentas evita que você perca tempo dentro do seu local de trabalho. Você não precisa se deslocar de um canto a outro da empresa. Pode resolver boa parte das coisas via celular. Assim sobrará mais tempo para você lidar com outras coisas na sua lista de afazeres do dia. Lembre-se: os smartphones são telefones inteligente, portanto não seja burro e aproveite a inteligência deles a seu favor.

5. Revise sua produtividade ao longo do dia

Em determinados momentos do dia, dê uma relaxada e avalie sua produtividade até aquele momento. Eu costumo fazer isso duas vezes ao dia: a primeira ao meio-dia e a segunda às quatro e meia da tarde. Durante cinco ou dez minutos, eu avalio minha lista de tarefas, vejo como estou me saindo com as mais importantes, mudo o que tenho de ser mudado, ajusto meu foco e sigo em frente. Essas revisões são essenciais para que eu não perca o rumo e termine o dia com a sensação de que não fiz nada de importante no dia. No final do dia, eu dou uma olhada na minha lista de tarefas e vejo como me saí. Se eu dei conta de pelo menos 85% das tarefas, sinto-me feliz e realizado. Claro que desses 85%, boa parte deve ser das tarefas importante e não das menos importantes.

Essas são apenas cinco maneiras eficazes para dobrar a sua produtividade. Há ainda muitas outras! Mas, essas cinco dicas são simples e você poderá começar por elas. Depois eu volto aqui e conto outras para você. Até a próxima!

By

10 Dicas Para Você Ficar Mais Inteligente

Ficar mais inteligenteA maioria das pessoas acha que inteligência é algo que não dá para mudar. Isto é, ou você nasce inteligente ou você não – digamos! – burro! Mas, será que é assim mesmo!? Será que não dá para mudar isso!? Será que não dá para fazer fazer algo para que possamos ficar mais inteligentes a cada dia!?

Felizmente, há sim coisas que podemos fazer! Essa coisa de ser burro para sempre não existe! No nosso dia a dia podemos sim criar alguns hábitos que com o tempo nos deixará mais inteligentes. São coisas simples, mas que exigem – para algumas pessoas – um grande esforço. Se você quer saber o que pode fazer para ficar mais inteligente, aí vão algumas dicas.

1. Anote o que você aprende

Ao longo do dia nós aprendemos coisas novas. Eu sei que são muitas informações; mas, você pode focar em uma ou duas coisas que achou interessante e anotá-las em uma folha de papel (em um caderno de anotações). Não anote em seu smartphone, tablet ou computador. Crie o hábito de escrever essas novidades à mão. O fato de você escrever o que aprende faz com seu cérebro ative algumas áreas que processarão, organizarão e memorizarão essa novidade de modo mais dinâmico. Quando fazemos as anotações em um gadget, essas área do cérebro que auxiliam no aprendizado não são ativadas e, portanto, o aprendizado não acontece de modo – digamos! – mais dinâmico.

2. Faça caça-palavras, palavras-cruzadas, criptogramas, jogos de lógica, etc.

Sabe aquelas revistinhas da Coquetel? Nas bancas de revistas há um monte delas! Pois é! Que tal comprar algumas e começar a fazer as atividades lá? Elas são bem baratinhas e não pesaram em seu orçamento! Fazer jogos como caça-palavras, palavras cruzadas, criptogramas e outros do tipo ajuda você a desenvolver o seu vocabulário e até mesmo a conhecer coisas que não sabia sobre os mais variados assuntos. É incrível o que dá para aprender com esses tipos de passatempos. Se você fizer jogos de lógica então, a sua inteligência se desenvolverá muito mais. Esses jogos de lógica fazem você usar a cabeça e assim, mais uma vez, ativar área do cérebro que podem estar desativadas há algum tempo. No começo pode parecer chato, difícil, complicado, estranho… Bom! No começo a sensação é essa mesma, mas persista! Em pouco tempo você perceberá os resultados.

3. Leia muito

Com que frequência você lê livros? Não estou me referindo a ler livros na internet, mas sim a ler texto em papel impresso. O fato de você ter contato com o papel, passar as páginas, sentir o “texto” em suas mãos também estimula áreas do cérebro que deixarão você mais inteligente. O que ler depende de você. Se você gosta de livros de ficção, então leia livros de ficção. Se você curte livros de autoajuda, então leia livros de autoajuda. Enfim, não importa o seu gosto, o importante é ler.

4. Explique as coisas aos outros

Quando tiver a oportunidade, explique algo às demais pessoas. Cuidado! Seja muito cauteloso nessa parte! Se você exagerar, as pessoas poderão te achar um chato, um irritante, um metido a sabichão. Não é isso o que você quer! Portanto, explique com humildade e sempre que a situação permitir que isso aconteça. Quando você explica algo para alguém, você faz com que aquele conhecimento sendo explicado fique ainda mais internalizado em sua memória. Além disso, o cérebro precisará encontrar maneiras diferentes para explicar o tópico de maneiras diferentes para pessoas diferentes. Isso ajuda e muito no desenvolvimento de sua inteligência.

5. Aprenda um novo idioma

Dedique-se ao aprendizado de uma nova língua. Você não precisa ser um expert no idioma. A ideia aqui é dar ao cérebro a possibilidade de ver o mundo de uma maneira diferente. Sem contar que ao aprender um novo idioma, você precisará usar a sua língua nativa para comparar com a língua sendo aprendida. Não aprenda por obrigação! O legal é aprender por diversão; ou seja, apenas para passar o tempo. Enquanto você se diverte, seu cérebro vai fazendo musculação e ficando, claro, mais inteligente. Se quiser o site Inglês na Ponta da Língua ajudará você a aprender inglês sem complicações.

6. Crie uma lista de coisas que já fez

As pessoas geralmente fazem uma lista de coisas a fazer. Isso é legal! Serve para lembrá-las o que devem fazer em um dia, uma semana, mês. Enfim, você sabe do que estou falando. Então, que tal mudar isso um pouco e começar a fazer uma lista de coisas que você já fez? Isso pode parecer estranho, mas a ideia é que ao fazer uma lista de coisas que você fez algumas sensações são experimentadas. Essas sensações por sua vez ativam alguns neurônios que fortalecerão o seu cérebro. Sua autoconfiança, por exemplo, será reforçada ao se lembrar de algo que você fez e obteve resultado. Você terá de puxar pela memória como fez determinadas coisas. Quando você pensar, mesmo que de relance, nas coisas que fez e como eventualmente fez, você estará ajudando seu cérebro a rever/reviver certos processos. Isso sem dúvida estimulará outras áreas do cérebro que ajudarão você a ficar mais inteligente.

7. Tenha amigos mais inteligentes que você

Isso pode ser um banho de água fria na sua autoestima, mas andar com pessoas mais inteligentes que você é uma maneira inteligente de desenvolver a sua inteligência. Pessoas mais inteligentes costumam fazer isso que estou escrevendo aqui; portanto, você aprenderá muito mais com elas. Não se afaste das pessoas mais inteligentes que você. Isso é burrice!

8. Faça algo novo, diferente

Pense em algo que você não faz com frequência, mas que pode parecer interessante fazer. Sei lá! Que tal fazer um curso de fotografia? Ou quem sabe um curso de caligrafia? Pode ser também um esporte diferente: vôlei, corrida, futebol, basquetebol, ciclismo, natação… Não importa! A ideia é fazer algo diferente, algo que você não faz com frequência. Essa novidade dará ao seu cérebro combustível para fazer novas ligações neurais e, consequentemente, melhorar a sua inteligência.

9. Administre seu tempo online

Se você entra na internet apenas para ver vídeos engraçados, checar as redes sociais, baixar músicas e coisas assim, comece a mudar. Para ficar mais inteligente é bom você começar a assistir a palestras online, visitar páginas com conteúdos interessantes e que estimulem o seu desenvolvimento pessoal e profissional. Na internet há muito lixo – muita porcaria mesmo! – que parece ser muito mais atraente; no entanto, trata-se de conteúdo que não ajudará no desenvolvimento de sua inteligência. Quer ficar mais inteligente? Então, administre o seu tempo quando estiver online.

10. Dê um tempo para seu cérebro

Um computador precisar ser desligado – ou colocado em repouso – quando passa horas processando informações. Então, saiba que seu cérebro também precisa ser colocado em repouso. Isto é, dê uma folga ao seu cérebro de vez em quando. Isso faz com que ele descanse e silenciosamente colocar as informações em ordem na cabeça. Você pode simplesmente deixar o cérebro viajar enquanto faz algo diferente. Ou seja, ao sair para caminhar observe as cosias, as pessoas, as situações… Não pense no trabalho, nos estudos, no que leu, no que fez ou deixou de fazer! Deslique-se dessas ccoisas e deixa o cérebro curtir o momento.

E aí!? O que você achou dessas 10 dicas para você ficar mais inteligente? Gostou? Você gostaria de acrescentar algo à lista? Então, deixe seu comentário abaixo!